Canadian viabiliza 862 MWp de energia solar por meio de dois contratos

Empresa acumula carteira de pedidos de 2,2 GWp no Brasil

A Canadian Solar viabilizou três projetos solares. Um PPA foi fechado com o BTG Pactual e ainda há mais dois projetos por meio do leilão de Furnas. As futuras usinas somam um total de 862 MWp de potência instalada. A empresa já havia fechado outros PPAs corporativos em junho, que somam 274 MWp de potência instalada. Agora com esses três novos projetos assegurou o maior volume negociado na sua história, que eleva o backlog no Brasil a quase 2,2 GWp.

O contrato com o BTG é de 12 anos e envolve o fornecimento de energia de projeto que soma 170 MWp e que está localizado em Minas Gerais. A construção começará em 2021 e a expectativa da empresa é que de entre em operação comercial no final de 2022.

Já com Furnas o contrato é de 15 anos e os dois projetos somam 692 MWp. Um deles está localizado no Ceará e terá a capacidade de 260 MWp. O segundo, que é o maior está no Piauí e contará com 432 MWp. De acordo com informações da fabricante, ambos os projetos deverão ter sua construção iniciada em 2022 e a expectativa de operação comercial é para o final de 2023.