Equatorial Energia relata acidentes com mais de 700 postes no Pará

Santarém e Belém lideram no número de colisões que ocasionam falta de energia e acidentes graves

A Equatorial Energia Pará informou que acidentes de trânsito é um dos responsáveis pelos mais de 700 acidentes com postes registrados de janeiro até a primeira quinzena do mês de março de 2021. Santarém e Belém, por exemplo, continuam sendo os municípios que registram o maior índice de acidentes, os conhecidos abalroamentos (colisões). Só em Santarém foram 282 batidas em postes. Em seguida aparece a capital, Belém, com 187 ocorrências. Parauapebas teve 25 postes atingidos por veículos; 21 em Altamira, 19 em Castanhal e Marabá foram 18

Segundo a Equatorial, os números preocupam a companhia, que vem alertado os motoristas para os perigos e riscos com a rede elétrica. É que o impacto da batida, pode ocasionar ferimentos sérios aos ocupantes dos veículos, inclusive acidentes com vítima fatal, além de falta de energia nas residências e comércios.

A distribuidora informou que em 2020 foram registrados 3.125 batidas em postes e vale ressaltar que, quando há quebra da estrutura e rompimento de fiação, o custo mínimo de material e serviço é superior a R$ 4 mil. De acordo com o Artigo 927 do código civil, quem, por ato ilícito, causar danos a terceiros, fica obrigado a repará-lo. Dessa forma, o valor total dos reparos e os danos aos clientes devem ser pagos pelo motorista que podem ser acionados judicialmente.