Aneel autoriza eólica, PCH e UTE para operação comercial

Para operação em teste foram liberadas CGH, eólica e usina fotovoltaica

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou para início da operação comercial, a partir de 12 de maio, as unidades geradoras UG1, de 3,465 MW, e UG9 a UG14, de 3,465 MW cada, totalizando 24,255 MW de capacidade instalada, da EOL Potiguar B 32. Localizada no município de Serra do Mel, no Estado do Rio Grande do Norte, a usina é de titularidade da EOL Potiguar B32 SPE S.A. As unidades UG1 a UG2, de 2,75 MW cada, totalizando 5,5 MW de capacidade instalada, da Usina PCH Forquilha. Localizada no município de Mangueirinha, no Estado do Paraná, da empresa Hidrelétrica Forquilha Ltda.

E por último, as unidades UG1 e UG2, 1,132 MW, totalizando 2,264 MW de capacidade instalada, da UTE Itajaí, para fins de contabilização de sua energia. Localizada no município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, de titularidade da Itajaí Biogás e Energia S.A.

A Aneel autorizou ainda para início da operação em teste, também a partir de 12 de maio, as unidades Geradoras UG1 e UG2, de 0,243 MW cada, totalizando 0,486 MW de capacidade instalada, da CGH Barrinha, para fins de contabilização de sua energia. Localizada no município de Xanxerê e Xaxim, no estado de Santa Catarina, de titularidade da Barrinha Geração de Energia Ltda. A unidade geradora UG6, de 3,55 MW de capacidade instalada, da EOL Costa das Dunas. Localizada no município de Touros, no Estado do Rio Grande do Norte, da empresa SPE Costa das Dunas Energia S.A..

E por fim, as unidades geradoras UG1 a UG6, de 3,75 MW cada, totalizando 22,5 MW de capacidade instalada, da Usina UFV Jaíba 9. Localizada no município de Jaíba, no Estado de Minas Gerais, de titularidade da Jaíba 9 Energias Renováveis S.A. As autorizações foram divulgadas nesta quarta-feira, 12 de maio, no Diário Oficial da União.