Conta COVID recebe mais um prêmio internacional

Operação repassou R$ 14,8 bilhões em empréstimos às distribuidoras para evitar problemas de caixa e impacto na tarifa dos consumidores

A operação financeira que ficou conhecida como Conta COVID, estruturada no ano passado pela CCEE, MME e Aneel para mitigar impactos da pandemia no mercado das distribuidoras de energia, ganhou mais um reconhecimento internacional. A publicação Latin Finance, especializada no mercado financeiro de economias da América Latina e Caribe, destacou a iniciativa na categoria Loan of The Year, no prêmio 2021 Project & Infrastructure Finance Awards.

A seleção é um processo rigoroso feito pela equipe editorial da Latin Finance, que avalia critérios como representatividade de mercado, impacto social, complexidade da operação e inovação. A Conta COVID foi um empréstimo conjunto obtido junto a 16 instituições financeiras públicas e privadas, coordenadas pelo BNDES. Ao todo, foram repassados R$ 14,8 bilhões às distribuidoras de energia. Além de participar ativamente da estruturação, a CCEE operacionalizou os repasses para as distribuidoras até o início deste ano e fará a amortização mensal das parcelas do financiamento até 2025. No começo de 2021, a operação também foi reconhecida pela Latin Finance na categoria Financiamento Estruturado do Ano, no prêmio Deals of the Year.