BNDESPar seguirá com venda de ações da Copel

Serão ofertados ao mercado mais de 65,5 milhões de units da Copel no mercado brasileiro e nos Estados Unidos

O conselho de administração da BNDESPar aprovou o prosseguimento da operação para a alienação de até 65.580.781 units que detém na Copel. A operação continua a ser por meio de oferta pública de esforços amplos, nos moldes da Instrução CVM 400. Ainda serão ofertadas na U.S. Securities and Exchange (SEC). E ainda será pactuada uma restrição à alienação de units ou ações remanescentes pela BNDESPar por no mínimo 180 dias após o encerramento da oferta.

Os bancos continuam os mesmos. A divisão de participações do BNDES reiterou em comunicado que que o lançamento da oferta pública está sujeito a diversos fatores, entre os quais a existência de condições de mercado favoráveis, notadamente de preço, a aprovação de sua governança interna e a análise da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e dos demais órgãos reguladores e autorreguladores, nos termos da legislação aplicável.

Essa aprovação ocorreu face à informação de que o Estado do Paraná havia desistido de alienar sua participação na Copel  em conjunto à oferta da BNDESPar.