RS fecha semana com 2,3 mil pontos ainda sem luz

Moradores da Grande Porto Alegre reclamam de mais de cinco dias na interrupção do fornecimento da CEEE Equatorial

Cerca de 2,3 mil pontos seguem sem energia elétrica na área de concessão da CEEE Equatorial nessa sexta-feira, 11 de março, segundo atualização da companhia enviada na parte da tarde. Os casos se concentram no Centro Sul do estado e na Grande Porto Alegre e acontecem desde o último domingo,6, quando temporais com ventos acima de 70 km/h atingiram as regiões, provocando a queda de objetos e árvores na rede, além de outras perturbações para a organização da vida nas cidades, como semáforos desligados.

Do final da tarde de quinta-feira até esta sexta-feira foram 7,7 mil pontos restabelecidos pela Equatorial, que chegou a registrar pico de 170 ml consumidores sem energia no Rio Grande do Sul. Ontem à tarde a empresa disse que aumentou em 75% o efetivo para os trabalhos de recomposição da rede, passando de 170 para mais de 300 equipes mobilizadas 24 horas por dia.

Já a RGE informa que atende apenas a casos pontuais na sua área de concessão e que a maioria dos clientes já está com energia elétrica restabelecida.

Ademais o tempo segue instável na região a partir da chegada de um ciclone extratropical, com a capital Porto Alegre registrando chuva desde a última madrugada. Ontem em Tramandaí, região litorânea, um triste acontecimento. Um poste de luz caiu e matou um trabalhador que fazia a manutenção da rede elétrica nas margens da rodovia RS-030. A empresa a qual ele fazia parte nem seu nome foram divulgados.