Usinas do MRE tem prazos de outorga estendidos pela Aneel

Decisão beneficia três hidrelétricas e 25 PCHs, que tiveram o recálculo da compensação do GSF reconhecido pela agência

Três usinas hidrelétricas e 25 pequenas centrais hidrelétricas participantes do Mecanismo de Realocação de Energia tiveram os prazos de outorga estendidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica. A decisão é um reflexo do reconhecimento pela Aneel do direito desses geradores ao recálculo da compensação relativa do GSF, em decisão tomada no último dia 5 de abril, com base no que prevê a legislação.

As hidrelétricas beneficiadas são Engenheiro José Luiz Muller de Godoy Pereira (Foz do Rio Claro), com 1.953 dias; Santo Antônio do Jari, com 301 dias; e Ferreira Gomes, com 584 dias. No caso das PCHs, o deslocamento da outorga varia de um dia a 1.419 dias.