Leilão de reserva tem início

Certame contratará empreendimentos solares fotovoltaicos e eólicos

O 8º Leilão de Energia de Reserva começou operacionalizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. O certame negociará energia de empreendimentos solares fotovoltaicos e eólicos novos. O início de suprimento é previsto para 1º de novembro de 2018. Os contratos de energia de reserva serão na modalidade por quantidade e terão duração de 20 anos.

O preço-teto estabelecido para a disputa é de R$ 381/MWh para a fonte solar e de R$ 213/MWh para a fonte eólica. De acordo com a Empresa de Pesquisa Energética, estão registrados 1.379 projetos que somam potência de 39,9 GW de capacidade instalada. O certame contará com quatro fases.