Programa mundial da EDP seleciona dez startups da América Latina

Projetos escolhidos para módulo de aceleração em São Paulo desenvolvem soluções em inteligência artificial e big data para energias renováveis, smart grids e processos internos

A EDP divulgou a lista das startups que participarão do módulo América Latina de seu programa global de aceleração, o Starter Acceleration Program. As dez eleitas, oriundas de Brasil e do México, desenvolvem soluções de inteligência artificial, big data, energias renováveis e smart grids. Foram selecionadas a Loud Voice, Neras, ColabApp, BLU365 e Fhinck, ambas sediadas em São Paulo, além da Rio Analytics (RJ), Já Entendi (PR), Thermo-Off (SC), Pix Force (RS) e a mexicana Trato.

Livia Brando, Head de Inovação e Ventures da EDP Brasil, destacou que as startups escolhidas atuam com tecnologias emergentes capazes de alavancar a transformação do setor de energia. “Com a globalização do Starter, queremos reforçar o apoio ao ecossistema empreendedor brasileiro e, também, expandir nossa presença com inovação aberta em países da América Latina, fomentando novas soluções para o nosso negócio”.

O programa, que neste ano passou a ser global, com módulos em três regiões – Europa (em Madri, Espanha), América Latina (em São Paulo, Brasil) e América do Norte (em Houston, Estados Unidos) – teve aproximadamente 500 inscrições. Foram definidas dez startups para cada módulo, as quais passarão por uma semana de imersão para o desenvolvimento das propostas de projetos-piloto junto à companhia, com apoio do time de especialistas da empresa, além das mentorias das aceleradoras.

Ao final desse processo haverá um Demoday, no qual as startups farão os pitches. Após essa etapa, que, no país acontece no dia 19 de julho, no Unibes Cultural, em São Paulo, aquelas com maior potencial participarão da grande final em novembro, em Lisboa, durante o Web Summit, um dos maiores eventos de inovação, empreendedorismo e tecnologia do mundo. As escolhidas terão um stand no local, podendo apresentar suas soluções ao mercado e prospectar novas oportunidades de negócio durante o Congresso. Já a grande vencedora será premiada com 50 mil euros.

Desde 2008 os veículos de Venture Capital do grupo EDP já aplicaram globalmente mais de 30 milhões de euros em 26 startups, que juntas empregam mais de 750 colaboradores, gerando mais de 100 milhões de euros de receita por ano. No país, a EDP ventures Brasil é o 1º Corporate venture capital voltado ao setor de energia, lançado em 2018 já conta com duas startups investidas que passaram também pelos programas de aceleração da EDP.

Novos parceiros

A empresa também anunciou três novos parceiros internacionais para esta primeira edição do Programa: a American Eletric Power, utility que tem mais de cinco milhões de clientes em 11 estados norte-americanos; a Turning Tables, uma empresa de inovação do grupo espanhol Cuerva; e a Verbund, maior fornecedora de eletricidade da Áustria, com quase meio milhão de clientes. A inciativa também conta com apoio da L Marks e a Ace, duas especialistas em projetos de inovação e empreendedorismo e presença mundial.