MME aprova fotovoltaica na Bahia como produtor independente

Usina Sertão Solar Barreiras V (28 MW) foi enquadrada também junto ao Reidi, num investimento planificado em R$ 101,6 milhões sem os encargos

O Ministério de Minas e Energia autorizou a central de geração fotovoltaica Sertão Solar Barreiras V, localizada no município baiano de Barreiras, a operar na modalidade de produção independente de energia elétrica. A UFV, que também foi enquadrada pelo MME junto ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi), pertence a construtora Steelcons e tem 28 MW de capacidade prevista, entre 28 unidades geradoras de 1 MW.

As obras para construção da usina irão durar praticamente um ano, indo de fevereiro de 2021 até dezembro de 2021. Com a aprovação junto ao Reidi, o empreendimento irá angariar aproximadamente R$ 101,6 milhões em investimentos, já descontados R$ 10,3 milhões dos encargos PIS/PASEP. A deliberação foi publicada no Diário Oficial da União da última terça-feira, 8 de outubro, através da Portaria nº 380.