Taesa entrega sistema de transmissão de energia na Bahia

Com isso, a companhia adiciona uma receita anual de R$ 69,2 milhões para o ciclo 2019-2020

A Taesa concluiu nesta semana a energização do sistema de transmissão em 230 kV Poções III – Poções II, localizado na Bahia. O empreendimento é operado pela Empresa Diamantina de Transmissão de Energia (EDTE), que em dezembro energizou o trecho LT 500 kV Ibiocara – Porções III e a subestação 500/230 kV Porções III. Com isso, a Taesa adiciona uma receita anual de R$ 69,2 milhões para o ciclo 2019-2020.

A EDTE é o empreendimento do lote M do leilão de transmissão nº 013/2015, realizado em abril de 2016, em que a Taesa participou em parceria com a sua coligada Empresa Norte de Transmissão de Energia (ENTE) e a Apollo 12 Participações, na proporção de 24,95%, 50,10% e 24,95%, respectivamente.

O empreendimento, com extensão de aproximadamente 168 km de linhas de transmissão, conectará as concessões Interligação Elétrica Paraguaçu e Interligação Elétrica Aimorés, sistemas de transmissão em construção que reforçarão o Sistema Interligado Nacional (SIN).