EDF recebe aval do Cade para compra de projetos eólicos na Paraíba

Operação da elétrica francesa consiste na aquisição de cinco ativos de uma empresa do Grupo Engeform

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra pela francesa EDF de projetos eólicos em desenvolvimento na Paraíba e de posse da PEC Energia, uma controlada do Grupo Engeform, que atua há 45 anos no mercado brasileiro nos setores de engenharia, imobiliário e de energia. O aval foi publicado nesta quarta-feira, 27 de maio, no Diário Oficial da União.

Conforme o parecer do Cade, o acordo entre as empresas prevê que os franceses comprem os projetos nos quais fechem contratos de venda no mercado livre de eletricidade, além de iniciativas que saiam vencedoras nos leilões de energia do governo. Os ativos relacionados à operação estão em desenvolvimento nos municípios de Junco do Seridó, Santa Luzia, São Mamede, Salgadinho e Assunção.

Como justificativa econômica e estratégica, o Grupo EDF afirmou que a operação representa uma oportunidade positiva para ampliar sua atuação e capacidade de geração de energia no território nacional a partir de fontes renováveis. Já para a Engeform consta a realização de seu modelo de negócios previsto para a subsidiária, que desenvolve esse tipo de projeto para posterior venda ao mercado, retornando assim seus investimentos e a respectiva capitalização.

Segundo as requerentes, o negócio está sendo notificado apenas no Brasil e não depende mais de nenhuma aprovação de outros órgãos reguladores no Brasil ou no exterior.