Frederico Candian assume presidência da CEB-D

Executivo tem mais de 20 anos de carreira no grupo Neoenergia e vai liderar nova gestão da distribuidora

O executivo Frederico Jacob Candian é o novo presidente CEB-D (DF). Ele assume a posição para liderar a implantação do novo modelo de gestão da empresa e os investimentos que visam qualificar a disponibilidade do fornecimento de energia elétrica para 1,1 milhão de clientes do Distrito Federal, com a modernização da rede e melhora dos canais de atendimento e relacionamento com os consumidores da distribuidora. A CEB-D foi comprada pelo Grupo Neoenergia em leilão de privatização realizada no fim do ano passado e nesta semana assinou o contrato de compra e venda com o governo do Distrito Federal.

Com mais de 20 anos de carreira dentro do Grupo Neonergia, Candian iniciou sua trajetória como trainee na Elektro (SP) no ano 2000. Na distribuidora, ele atuou como engenheiro e posteriormente ocupou posições de liderança como supervisor e gerente em diversos setores da distribuidora, até ascender ao nível de superintendente corporativo de Redes de Distribuição do Grupo Neoenergia. Sua última função antes de assumir a presidência da Neoenergia CEB-D era de Diretor de Processos e Tecnologia de Redes da Neoenergia. Frederico Candian é graduado em Engenharia Elétrica pela UFJF e possui ainda mestrado em Engenharia Elétrica pela Unesp e MBAs de Gestão Empresarial na FGV e Business and Management for International Professionals pela Universidade da Califórnia (EUA).

O novo executivo da CEB está convicto que será possível promover as transformações necessárias na Neoenergia CEB-D, como foco na modernização do sistema elétrico, implantando inovações tecnológicas e na oferta de canais de atendimento que facilitem o relacionamento e ofereçam conforto aos clientes. Segundo ele, a Neoenergia acredita no poder coletivo da sua força de trabalho para prestar um serviço de qualidade. Neste sentido, planeja ampliar a geração de empregos e promover capacitação para os atuais empregados como forma de assegurar a continuidade do fornecimento e a satisfação dos seus clientes.