2W Energia alcança GD e lança plataforma digital

Wave vai atuar como market place de créditos e prepara leilão de contratação de GD em junho

A 2W Energia lança no mês de junho sua plataforma de geração distribuída. O Wave vai atuar como um marketplace de créditos de GD, onde empresas ou pessoas físicas poderão aderir como consorciadas ou cooperadas dos centros de geração distribuída compartilhada da 2W. Ao mesmo tempo, a companhia vai disponibilizar ao mercado, por meio de aluguel, a capacidade de geração para ganhar escala na plataforma digital.

O Wave começa com a oferta de 5 MW, oferecidos exclusivamente para até 500 clientes do mercado de Minas Gerais, que poderão obter descontos de até 15% em suas faturas de energia elétrica. O produto está disponível no site https://2wenergia.com.br/ e a contratação será 100% digital. Com a novidade, a 2W Energia amplia seu portfólio de produtos e chega ao mercado B2C, oferecendo energia de fonte renovável também para residências.

De acordo com Claudio Ribeiro, CEO da 2W Energia, a digitalização é uma tendência do setor elétrico, e tecnologia e inovação são pilares da companhia, o que justifica o lançamento de um produto 100% digital, que é um verdadeiro marco para a companhia. Segundo ele, com o Wave, a 2W entra no mercado B2C, oferecendo a possibilidade de as pessoas escolherem a energia renovável.

Nos dias 29 e 30 de junho, a 2W Energia irá promover um leilão para contratar capacidade de geração distribuída no mercado, com a contratação de até 100 MW. A contratação se dará nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Ceará, Pará e Maranhão. Os contratos de aluguel fechados por meio do leilão terão prazos de até sete anos, e poderão ser renovados por mais sete. O edital está disponível no site https://2wenergia.com.br/leilao-de-energia/.

Com a contratação de energia, a 2W possibilitará a viabilidade de muitos projetos de GD no mercado. Segundo Ribeiro, a comercializadora tem sido procurada por muitos desenvolvedores e investidores em GD, que gostariam de ter o PPA da 2W para viabilizar seus projetos. Para vender os créditos, as usinas precisam ter um time comercial dedicado, além de backoffice e time operacional. O executivo conta que agora, a 2W passa a terceirizar essas áreas para muitos empreendedores, o que torna mais fácil a operacionalização dos projetos.