Tecnologia: Soluções da Norus apoiam clientes na tomada de decisões

Aliando conhecimento acadêmico com práticas de mercado, empresa completa 10 anos voltada à evolução tecnológica do setor elétrico.

A Norus completa dez anos desenvolvendo soluções para facilitar a tomada de decisões das empresas do setor elétrico. “Nosso propósito é continuar contribuindo com a evolução setorial e apoiando os clientes na tomada das melhores decisões, de maneira rápida e assertiva”, afirma Vitor de Matos, diretor-executivo da empresa de tecnologia.

Para o executivo, a crescente volatilidade do mercado de energia combinada à expansão do ambiente de comercialização livre é determinante para o amadurecimento do setor e exige que as empresas busquem tecnologias que garantam as melhores condições de operação. “Hoje as soluções 100% caseiras dificilmente atendem aos requisitos dessa nova realidade. Por isso, o sucesso está na terceirização da tecnologia para impulsionar ainda mais a inteligência de cada empresa”, afirma.

A Norus disponibiliza ferramentas analíticas para o equacionamento de problemas complexos, reduzindo a carga operacional dos seus mais de 100 clientes. O carro-chefe é o Prospec, plataforma para projeções de preços de energia de maneira simples e eficiente, com premissas definidas pelo próprio usuário. Além disso, a empresa dispõe do Pluvia, para previsão de vazões, e do Imeris, de gestão de risco.

“Quando alguém me pergunta como se começa a estruturar a área de preços de uma comercializadora, a primeira coisa que eu digo é ‘contrate a Norus!’”, afirma o diretor de Risco e Inteligência de Mercado da Esfera Energia, Luiz Fernando Lorey, que conta com os três produtos em suas operações.

Da academia para o mercado – Em 2011, Matos e três colegas de doutorado perceberam que, no meio acadêmico, estavam desenvolvendo projetos interessantes que dificilmente chegariam ao mercado. Para mudar essa lógica, o grupo criou a Plan4 Engenharia, mais tarde rebatizada com o nome atual.

As primeiras atividades foram voltadas a consultorias técnicas e projetos de Pesquisa & Desenvolvimento. O salto para a oferta de produtos se deu numa consultoria para aprimorar o processo de formação de preço, a partir da qual nasceu o Prospec. “Eles foram visionários nesse tipo de tecnologia. Além disso, o time da Norus possui um know how diferenciado e um engajamento extraordinário para atender as reais necessidades dos clientes, o que possibilitou o desenvolvimento de uma plataforma inédita e muito robusta”, elogia o gerente de Contratos e Contabilização de Energia da Engie, Leandro Xavier de Carvalho.

A plataforma, por meio da qual já foram rodados mais de 100 mil estudos, facilitou ainda a possibilidade de migração das operações de projeção de preços para a nuvem, a um custo muito menor que os modelos tradicionais. O sistema proporciona aumento significativo da velocidade de processamento e reduções de custo – da ordem de 70% – com o uso de servidores no mercado spot. “Conseguimos aproveitar oportunidades de economia sem riscos para as operações”, explica o diretor de Tecnologia, Fabrício Sperandio.

A chegada de Sperandio à equipe, em 2015, foi determinante para a transformação da Norus numa empresa de tecnologia. De lá para cá, os desenvolvedores de software passaram a ser a maioria dos funcionários. A relevância do time da engenharia, no entanto, não diminuiu, principalmente para compreender as necessidades dos clientes.

A qualidade da interlocução e a flexibilidade são reconhecidas. “O pessoal da Norus é muito engajado em trazer melhorias. Quando contratamos o Imeris, há cerca de dois meses, eles se comprometeram a conectá-lo com a nossa plataforma de controle de portfólio. A integração já está pronta”, exemplifica Lorey, da Esfera.

Soluções de vanguarda – A principal marca da Norus ao longo dessa trajetória de 10 anos foi a evolução contínua, com o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores para o mercado de energia. “Nossa capacidade de entregar propostas de valor arrojadas e as crescentes necessidades do mercado de energia nos dão a certeza de que ainda temos muito a fazer”, analisa Vitor de Matos. Sua expectativa é seguir impactando o mercado de maneira positiva. “Isso beneficia toda a sociedade, cada vez mais dependente da energia elétrica”, completa.

(Nota da Redação: Conteúdo patrocinado produzido pela empresa)