Enel conclui obra de LT subterrânea no centro de SP

Reforço de 120 MVA entre 2,8 km de extensão contou com aporte de R$ 26,5 milhões e irá beneficiar cerca de 13 mil clientes na capital

A Enel concluiu as obras de modernização da Linha de Transmissão Subterrânea (LTS) Centro-Augusta. O projeto contou com investimento de R$ 26,5 milhões e já está beneficiando 13 mil clientes comerciais, residenciais e poder público dos bairros de Santa Cecília, Bela Vista, Consolação, Jardim Paulista e Higienópolis, todos na região central da capital paulista.

A linha possui 2,8 quilômetros de extensão, com 120 MVA de capacidade de transporte de energia e tensão de 88 kV (88.000 Volts). O reforço trará mais confiabilidade e segurança ao sistema elétrico, melhorando a qualidade do fornecimento e reduzindo as interrupções com manobras remotas feitas diretamente pela Central de Operações da distribuidora.

Segundo a empresa, outro fator considerado no incremento é a viabilização do desenvolvimento socioeconômico da região ao permitir a instalação de novos prédios residenciais e estabelecimentos comerciais e públicos na localidade, como hospitais e estações de metrô.

A LTS passa pelas vias públicas Alameda Glete, ruas Martin Francisco, Canuto do Val e Aureliano Coutinho (Santa Cecília), ruas Sabará, Mato Grosso e Coronel José Eusébio (Higienópolis), ruas da Consolação, Fernando de Albuquerque e Augusta (entre os bairros Bela Vista, Consolação e Jardim Paulista).

Modernização das redes

As obras dão continuidade aos investimentos para reforçar a capacidade de distribuição da concessionária nos 24 municípios em que atua. Em 2021 foram R$ 234 milhões aplicados na construção, ampliação e modernização de subestações e linhas de transmissão.

Entre os projetos realizados pela Enel Distribuição São Paulo no ano passado estão a modernização da Linha de Transmissão Subterrânea Centro–Augusta e a ampliação das subestações Régis, Itapevi, Monte Azul, Franca, Guarapiranga e Vila Talarico. Ao todo as obras ampliaram a capacidade de distribuição de energia elétrica em 62 MVA, beneficiando aproximadamente 200 mil clientes.