Boletim Climatempo aborda as mudanças climáticas e os créditos de carbono

No Brasil o desmatamento da Amazônia é o principal responsável pelo alto nível de emissão de carbono

As mudanças climáticas são provenientes das mudanças de temperatura da Terra, que vem sendo intensificada e acelerada através do aumento de emissões antrópicas dos Gases de Efeito Estufa. Com isso, podemos perceber dias de calor intenso e a ocorrência de eventos extremos, como as fortes chuvas. O novo Boletim da Climatempo, que já está disponível na Biblioteca do Portal CanalEnergia, aborda os créditos de carbono e as mudanças climáticas que enfrentamos.

De acordo com o boletim, no Brasil, o desmatamento da Amazônia é o principal responsável pelo alto nível de emissão de carbono, gás que contribui para o efeito estufa. O desmatamento contribui para que o carbono seja liberado e consequentemente, contribui para o aumento de concentração de carbono na atmosfera, o que dificulta a saída do calor do planeta, intensificando o efeito estufa.

As mudanças climáticas não são apenas dias mais quentes, mas também a elevação do nível dos oceanos, declínio na produção de alimentos decorrentes da mudança do clima local, entre outros. Diante deste evidente problema, vários acordos a nível internacional vêm sendo realizados para diminuir a emissão dos gases do efeito estufa, principalmente o CO2. De maneira geral, os países passaram a ter uma meta de limite de emissão de CO2. No ramo de energia, as empresas estão cada vez mais buscando promover o consumo e a geração eficiente.

Seja por incentivo governamental ou consciência ambiental, a expectativa é de que sejam tomadas medidas que minimizem a emissão de gases de efeito estufa e que a busca por créditos de carbono sejam ainda maiores a fim de diminuir em 45% as emissões até 2030. Para tanto, o setor de energia se encontrará caminhando para uma transição energética, promovendo o crescimento das matrizes eólica e solar.

Para saber mais detalhes desse boletim ou de todos os outros, acesse o portal da Climatempo e nossa Biblioteca, além de acompanhar as novidades, toda quarta-feira, ao vivo, no CanalEnergia Live.