Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

O senador Otto Alencar (PSD-BA) afirmou nesta quarta-feira, 5 de julho, que pretende convidar o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, Sandoval Feitosa, para explicar a participação de uma empresa de transporte de cargas no leilão de transmissão da última sexta-feira, 30 de junho. Alencar defendeu uma investigação sobre as circunstâncias da participação da The Best Car Transporte de Cargas Nacionais e Internacionais no certame, após o deputado Danilo Forte (União-CE) afirmar que o CEO da companhia responde processo por estelionato, e acusar a Aneel de permitir que a empresa saísse vencedora do leilão.

A transportadora é a líder do Consórcio Gênesis, vencedor do Lote 1, um dos maiores da disputa, com deságio de 66,18%, e do Lote 8, com uma oferta de receita 55,35% menor que a preço teto do certame. O consórcio é formado também pela Emtec Empreendimentos.

Em audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado, Danilo Forte levantou suspeitas sobre o resultado da licitação, e questionou a capacidade da empresa de implantar os empreendimentos, afirmando que ela vai criar mais um problema para o Nordeste.

“Uma empresa de transporte de carga ganhando uma leilão de transmissão. Essa é uma denúncia muito grave que certamente vai merecer a vinda do doutor Sandoval”, reagiu o senador.

Leandro Caixeta, assessor do diretor-geral da Aneel, explicou que a agência reguladora vem sucessivamente aprimorando as regras das licitações de transmissão. Ele reconheceu que nesse último leilão entrou um player novo, desconhecido do setor, mas destacou que o processo não termina com o resultado da disputa. Falta ainda a etapa de habilitação, para que os vencedores sejam, de fato, confirmados.

Além do parlamentar cearense e do assessor da Aneel, participaram como convidados da audiência, que tratou do PDL 365, representantes do Ministério de Minas e Energia, da Empresa de Pesquisa Energética, consultores e executivos de associações do setor elétrico. Forte é o autor do projeto de decreto legislativo, que determina a suspensão de resoluções normativas da agência sobre tarifa de transmissão e sinal locacional.