Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Enel SP divulgou o balanço para os primeiros seis meses do ano de 2023 das ações do Ecoenel, programa que concede desconto na conta de luz dos clientes mediante a troca de resíduos recicláveis como papel, plástico, metal e vidro. Segundo a distribuidora, no período de janeiro a junho, por meio de ações do programa realizadas na região da Grande São Paulo, a concessionária beneficiou mais de 8,6 mil clientes e concedeu mais de R$ 570 mil em bônus.

A companhia destacou que a iniciativa colaborou para evitar a emissão de 4,5 mil toneladas de gás carbônico (CO2) na atmosfera e também possibilitou a economia de mais de 6 mil MWh de energia, o suficiente para abastecer mensalmente cerca de 2,9 mil famílias por um ano. Além disso, o Ecoenel contribuiu para a preservação de 12,3 mil árvores, por meio da reciclagem de papel.

Quem tiver interesse em aderir ao programa, basta apresentar a conta de energia e um documento com foto em um dos pontos de coleta e receber o cartão Ecoenel. Após o cadastro, o cliente poderá levar os resíduos limpos e pré-separados por tipo de material até o ponto de sua preferência. No local, os materiais são pesados e o valor do bônus creditado automaticamente na conta de energia do cliente ou de uma instituição social indicada por ele. Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro e, caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte.