Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Taesa informou que Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) concedeu a Licença Prévia para os trechos da linha de transmissão Abdon Batista – Videira (C1/C2) e da linha de transmissão Abdon Batista – Barra Grande (C3), incluindo as obras de ampliação das subestações Barra Grande, Abdon Batista e Videira a serem interligadas, referentes às instalações da concessão Pitiguari Transmissora de Energia Elétrica S.A.

De acordo com a companhia, Pitiguari é um empreendimento referente ao lote 10 do leilão de transmissão nº 01/2022, realizado em junho de 2022, 100% controlada pela Taesa. Pitiguari apresenta uma RAP total de R$ 21,4 milhões para o ciclo 2023‐2024 e um Capex Aneel de R$ 243,2 milhões. O empreendimento está localizado no Estado de Santa Catarina, com extensão aproximada de 92,7 km de linhas de transmissão, sendo 66,7 km de circuito duplo. O prazo estipulado pela Aneel para energização de Pitiguari é março de 2027.