A Eletrobras informou em comunicado ao mercado nesta sexta-feira, 26 de abril, que foi aprovada pela Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária a proposta de distribuição de dividendos de R$ 1.296.685.477,01 aos acionistas da Companhia titulares de ações preferenciais de classes A, B e especial e de ações ordinárias. O valor é referente ao exercício social de 2023 e o pagamento ocorrerá no dia 9 de maio de 2024 e os dividendos não reclamados em até três anos prescreverão e serão revertidos para a Eletrobras.

De acordo com a companhia, o valor total dos dividendos a serem pagos aos acionistas titulares de ações preferenciais de classe A é de R$ 346.525,49, equivalente a R$ 2,43075137906 pela ação. Para os detentores de papéis preferenciais de classe B , o valor é de R$ 497.885.201,48, equivalente a R$ 1,82306353429 por ação; o valor da golden share é de R$ 0,40 e o das ações ordinárias é de R$ 798.453.749,64, correspondente a R$ 0,40380162990 por ação dessa categoria.

Estão aptos a receber apenas os acionistas titulares das ações de emissão da companhia que constavam na base na data da AGOE, ou seja, em 26 de abril de 2024. A partir do dia 29 de abril, as ações preferenciais de classes A e B e as ações ordinárias de emissão que forem negociadas, não terão o direito de receber dividendos.