Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou o reajuste tarifário anual da Energisa Minas Rio, com  redução média de 1,76% para o conjunto dos consumidores da concessionária. Os clientes atendidos em alta tensão terão aumento médio de 2,29%, enquanto os da baixa tensão perceberão uma redução média de 2,77%.

As novas tarifas da distribuidora resultante da fusão entre a Energisa Minas Gerais e a Energisa Nova Friburgo (RJ) serão aplicadas a partir de sábado, 22 de junho. No reajuste de 2023, o primeiro após a junção das duas áreas de concessão, a Aneel calculou percentuais diferenciados por empresa.

Os consumidores da EMG tiveram aumento médio de 4,05% , enquanto para os da Nova Friburgo o processo resultou em redução média de 2,31%. A concessão unificada está localizada em Cataguases, MG, e atende aproximadamente 606 mil unidades em Minas e no Rio de Janeiro.