T

Tarifa (Tariff)

Valor homologado pelo Poder Concedente para a prestação de serviço público de energia elétrica.

Um documento registrado por uma entidade regulamentada junto a uma agência federal ou estadual. Ele relaciona as taxas que a entidade regulamentada cobrará para fornecer o serviço a seus consumidores, bem como os prazos e condições que obedecerá ao fornecer o serviço. (EUA)

Tarifa Azul (Blue Tariff)

Modalidade estruturada para aplicação de tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica de acordo com as horas de utilização do dia e os períodos do ano, bem como de tarifas diferenciadas de demanda de potência de acordo com as horas de utilização do dia.

Tarifa Baseada em Custo (Cost-Based Rate)

Uma tarifa baseada em um custo projetado de serviço e nível de produção, diferentemente de uma tarifa baseada no mercado determinado diretamente pela oferta e procura. (EUA)

Tarifa Binômia (Two-Part Tariff)

Conjunto de tarifas de fornecimento constituído por preços aplicáveis ao consumo de energia elétrica ativa e à demanda faturável.

Tarifa de Custo de Serviço (Cost of Service Tariff)

Uma tarifa especificando que a entidade fornecedora do serviço será reembolsada por seu custo de serviço, incluindo na base tarifária uma taxa de retorno especificada (distinta da tarifa usual, incluindo cobranças suficientes para cobrir os custos de serviço da entidade e o retorno sobre participação acionária apenas se a entidade atender sua produção projetada). (EUA)

Tarifa de Ultrapassagem (Surcharge)

Tarifa aplicável sobre a diferença positiva entre a demanda medida e a contratada, quando exceder os limites estabelecidos.

Tarifa Interrompível (Curtailable Rate)

Uma opção oferecida pelas “concessionárias” a consumidores que podem aceitar níveis definidos de redução de serviço em troca de tarifas reduzidas de energia. (EUA)

Tarifa Mínima – Cláusula de Conta Mínima (Minimum Charge (Minimum Bill Clause))

Uma cláusula num contrato que prevê que a cobrança num período estipulado não será menos do que uma quantia especificada. (EUA)

Tarifa Mista (Melded Rate)

Uma tarifa que reflete os custos combinados de diferentes fontes energéticas. Geralmente, os custos de projetos hidrelétricos existentes e de novas usinas térmicas se dizem mistos quando combinados, ou com a média trazida para uma única tarifa.(EUA)

Tarifa Monômia (Single-Part Tariff)

Tarifa de fornecimento de energia elétrica constituída por preços aplicáveis unicamente ao consumo de energia elétrica ativa.

Tarifa Verde (Green Tariff)

Modalidade estruturada para aplicação de tarifas diferenciadas de consumo de energia elétrica de acordo com as horas de utilização do dia e os períodos do ano, bem como de uma única tarifa de demanda de potência.

Tarifação de Energia Elétrica (Electricity Tariffs)

Sistema organizado de tabelas de preços correspondentes às diversas classes de serviço oferecidas às unidades consumidoras, aprovadas e reguladas pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica.

Tarifas de Venda Baseadas no Mercado (Market-Based Sales Rates)

Tarifas de vendas resultantes de negociações comerciais, ao invés dos custos efetivos do gasoduto ou do suprimento de seu afiliado. (EUA)

Taxa calórica Incremental (Incremental Heat Rate)

Eficiência de uma usina na produção do incremento seguinte de saída adicional. Expresso em Btu/kWh. (EUA)

Taxa de Calor ou Aquecimento (Heat or Heating Rate)

Medida da eficiência na conversão de combustível em eletricidade. A taxa de calor é expressa pelo número de Btu de combustível (p.ex. gás natural) por kilowatt-hora (Btu/kWh). A taxa de calor das usinas de força depende do projeto particular da usina, suas condições operacionais e seu nível de produção de eletricidade. Quanto menor a taxa de calor, mais eficiente é a usina. (EUA)

Taxa de Consumidor (Customer Charge)

Uma quantia fixa a ser paga periodicamente pelo consumidor independentemente da demanda ou consumo de energia. (EUA)

Taxa de Reserva (Gás) (Standby Charge)

Taxa unitária fixa pagável no começo pelo recebedor de um serviço, baseada no direito imposto a cada unidade de gás natural não comprada, mas transportada pelo gasoduto (similar à Cobrança de Demanda). A cobrança se destina a recuperar os custos fixos que seriam recuperáveis na cobrança da venda da mercadoria. (EUA)

Taxa de Reserva (Reservation Fee)

Uma taxa unitária fixa pagável no início pelo recebedor de um serviço baseada na titularidade total. Semelhante a uma taxa de “opção” ou “demanda”. Costumeiramente usada por gasodutos de transmissão para serviço de transporte firme. (EUA)

Taxa de Retorno (Rate of Return)

O lucro que se permite que uma “concessionária” ganhe. A taxa de retorno permitida é a porcentagem determinada pela agência de jurisdição estadual ou federal, baseada em padrões que incluem o custo do capital em outros setores de risco comparável. A taxa de retorno atingida é o resultado efetivo da “concessionária”, obtido durante um certo período. No negócio de “concessionárias”, a taxa de retorno geralmente se refere ao retorno com uma tarifa básica. (Vide “Requisito de Rendimento.)(EUA)

Taxa de Uso (Usage Charge)

Um componente da estrutura tarifária de uma “concessionária” cobrado com base em unidade de energia. (EUA)

Taxa Futura / Juro (Forward Rate (interest))

Acordo para um empréstimo começar em algum ponto do futuro com uma promessa hoje de receber uma taxa ou taxas de juro específicas, ou taxas de juros válidas hoje para empréstimos futuros. O termo estrutura de taxas de juro é a relação entre as taxas correntes de juro de longo e curto prazos, mas subjacente a isto há uma relação entre a taxa corrente de longo prazo e as taxas em empréstimos correntes e futuros a curto prazo.

Tecnologias de Carvão Limpo (Clean Coal Technologies)

Processos concebidos para queimar carvão com emissões pequenas, incluindo carvão com alto conteúdo de enxofre ou cinzas, o que poderia torná-lo sem atrativo como combustível.

Telecomando Centralizado (Centralized Telecontrol)

Método de ligar e desligar grupos de consumidores da rede de distribuição.

Telemedição (Telemetering)

Processo pelo qual quantidades elétricas mensuráveis das subestações e usinas geradoras são transmitidas por telecomunicações até uma localidade remota.(EUA)

Temperatura Média (Average Temperature)

A média calculada de vinte e quatro horas seguidas das temperaturas atmosféricas de bulbo seco, em graus Farenheit (Celsius), registradas diariamente

Temperatura Média (Mean Temperature”)

Como usado pela “Agência Meteorológica” dos EUA para determinar as temperaturas dos dias, é a média entre as temperaturas atmosféricas máxima e mínima de bulbo seco, em graus Farenheit, registradas para cada dia. (EUA)

Tempo de Disponibilidade (Availability)

Soma do tempo de funcionamento com o tempo de disponibilidade passiva.

Tempo de Disponibilidade Passiva (Passive Availability)

Intervalo de tempo durante o qual uma instalação, ou parte dela, poderia fornecer energia utilizável após o tempo normal de arranque.

Tempo de Exploração (Mechanical Availability)

Número de dias, num ano médio, durante os quais o caudal é superior ao caudal de exploração.

Tempo de Funcionamento (Operating Period)

Intervalo de tempo durante o qual uma instalação, ou parte dela, fornece energia utilizável.

Tempo de lndisponibilidade por Avaria (Unscheduled Downtime)

Intervalo de tempo durante o qual uma instalação, ou parte dela, não se encontra em condições de funcionamento devido a avaria imprevista.

Tempo de lndisponibilidade Programada (Scheduled Downtime)

Intervalo de tempo durante o qual uma instalação, ou parte dela, não se encontra em condições de funcionamento, devido a operações de manutenção programadas.

Tempo de serviço (Age)

O tempo, em número de anos, em que a(s) unidade(s) está (ão) em serviço comercial

Tensão de Distribuição (Distribution Voltage)

A tensão no sistema elétrico entre subestação e utilização final. Normalmente usada nas linhas de energia que suprem setores residenciais/comerciais.

Tensão de Exploração (efetiva) (Operating Voltage / Effective Voltage)

Tensão sob a qual se encontram em serviço as instalações elétricas (produção, transporte, etc.).

Tensão de fornecimento de energia elétrica (Supply Voltage)

Nível de tensão de transformação em que a unidade consumidora é atendida. São classificadas pela concessionária em Grupo A (Grupo alta tensão); A1,A2,A3a,A4,As (subterrâneo) e Grupo B (Grupo baixa tensão); B1,B2,B3. A sua unidade de medida é o Volt (V).

Tensão de Transmissão (Transmission Voltage)

Níveis de tensão usados para sistemas de transmissão em bloco; geralmente 69 kV – 750 kV CA ou CC.

Tensão Nominal (Nominal Voltage)

Padrões de tensão elétrica recomendados pelos fabricantes de equipamentos e “concessionárias” para garantir que os equipamentos elétricos sejam projetados para a faixa de tensão que será encontrada em uso real, de forma que seja obtida a operação satisfatória dos equipamentos. As tensões de distribuição padronizadas nominais são estabelecidas por cada companhia dos EUA para o serviço fornecido a consumidores residenciais e comerciais. (EUA)

Tensão Nominal (Rated Voltage)

Valor de tensão especificado pelo fabricante sob o qual o equipamento opera em condições ideais.

Tensão primária de distribuição (Primary Distribution Voltage)

Tensão disponibilizada no sistema elétrico da concessionária com valores padronizados iguais ou superiores a 2,3 kV.

Tensão secundária de distribuição (Secondary Distribution Voltage)

Tensão disponibilizada no sistema elétrico da concessionária com valores padronizados inferiores a 2,3 kV.

Tentativas de Partida da Unidade (Attempted Unit Starts)

Número de tentativas para sincronizar a unidade após ter sido desligada. Repetidos insucessos na partida devido à mesma causa, sem tentar uma ação corretiva, são considerados como uma única tentativa. (EUA)

Terawatt-horas (Terawatt hours (TWh))

109 kilowatt-horas. Um mil Gigawatt-horas

Teste de Benefício Líquido (Net Benefit Test))

No contexto de tarifação, uma análise para determinar se tarifas agregadas ou incrementais de nova instalação beneficiam consumidores em um gasoduto. (EUA)

Therm (Therm)

Unidade de valor calórico equivalente a 100.000 Btu (0,1 Mbtu)

Tight Pool Grupo Unido (Tight Pool)

Um grupo de “concessionárias” que juntam para despacho econômico seus recursos de geração e transmissão. Geralmente os custos e receitas são divididos posteriormente e nenhum membro individual do grupo é responsável pela gestão de fornecimentos individuais de energia. (EUA)

Torre de Resfriação (Cooling Tower)

Uma estrutura usada para ventilar o vapor produzido na geração energética.

Transação de Eletricidade Não Firme (Non-firm Electricity Transaction)

Essas transações são geralmente por curtos períodos e sujeitas a interrupção ou suspensão da entrega pelo fornecedor ou comprador seguindo acordos anteriores ou em condições especificadas. Vendas não firmes são às vezes chamadas de econômicas ou interrompíveis. (EUA)

Transferência Contábil (Book Transfer)

Transferência de título sem movimentação física.

Transformador (Transformer)

Dispositivo elétrico para mudar a voltagem da corrente alternada.

Equipamentos que transferem energia elétrica de um circuito a outro mantendo a mesma freqüência. e variando a tensão de trabalho.

Transmissão (Transmission)

A rede de linhas de alta tensão, transformadores e chaves, usada para transportar energia elétrica dos geradores até o sistema de distribuição. Também utilizada para interligar diferentes sistemas de “concessionárias” e produtores independentes de energia em uma rede sincronizada conjunta. A transmisssão é considerada terminada quando a energia é transformada para ser distribuída ao consumidor.

Transportador (Shipper)

Aquele que contrata com um gasoduto o transporte de gás natural e que tem direito a todo gás natural enquanto está sendo transportado pelo gasoduto. (EUA)

Transportador (Transporter)

A companhia de gasoduto que transporta gás natural para um entregador. (EUA)

Troca de Combustível (Fuel-Switching)

A substituição de um combustível por outro com base no preço e disponibilidade. Grandes indústrias costumam ter a capacidade de usar óleo ou gás natural para sua operação e de efetuar a troca em curto prazo. (EUA)

Troca de Futuros por Físicos (Exchange of Futures for Physicals (EFP))

Uma cláusula de contrato futuro pela qual o produto físico é entregue de um participante do mercado para outro, com uma hipótese simultânea de posições futuras iguais e opostas entre os dois participantes.

Turbina (Turbine)

A parte de uma unidade geradora que geralmente consiste em uma série de aletas curvas ou pás em um eixo central, girada pela força d’água, vapor ou gás quente, para acionar um gerador elétrico. As turbinas convertem a energia cinética de tais fluidos em energia mecânica por meio dos princípios de impulso e reação, ou uma mistura dos dois.

Turbina a Vapor (Steam Turbine)

Vide Turbina, Unidade de Ciclo Combinado, Unidade Geradora, Usina.

Turbina de Combustão (Combustion Turbine (CT))

Motor de turbina movida a combustível, usada para acionar um gerador elétrico. Devido a seu tempo de disparo geralmente rápido, as turbinas de combustão são usadas para atender demandas de ponta de curto prazo exigidas dos sistemas de energia.

Turno da noite (Graveyard)

(1)Horas de carga leve. Período do dia em que um sistema de energia elétrica deveria sofrer sua carga mais leve, geralmente no meio da noite.

(2) graveyard shift = turno da noite. Turno de serviço das empresas que funcionam durante 24 horas, quase sempre com início à meia-noite, jocosamente chamado de “turno do cemitério”(Michaelis :)(EUA)