Níveis dos reservatórios baixam em todas as regiões do país

Subsistema Sul teve maior redução do dia de 0,4%, segundo o ONS

Os reservatórios de todos os subsistemas tiveram redução do nível de armazenamento na última terça-feira, 21 de julho, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico, em relação aos dias anteriores. A maior redução ocorreu na região Sul, onde a capacidade armazenada caiu 0,4% para 62,6%, após dias de alta. A energia armazenada ficou em 12.457 MW mês e a energia afluente armazenável em 128% da média de longo termo. A hidrelétrica G.B.Munhoz opera com 51,9% da capacidade e Passo Real, com 82,38%.

No subsistema Sudeste/Centro-Oeste, a redução chegou a 0,2%, com isso, o nível de armazenamento dos reservatórios ficou em 50,1% da capacidade. A energia armazenada está em 101.643 MW mês e a ENA armazenável em 84% da MLT. A usina de Furnas trabalha com 59,03% da capacidade e Emborcação, com 40,72%.

A região Norte também registrou queda de 0,2% no nível de armazenamento para 82,4% da capacidade. A energia armazenada chegou a 12.502 MW mês e a ENA armazenável, a 95% da média histórica. A UHE Tucuruí está com 98,39% da capacidade.

Já a região Nordeste teve a menor redução do nível de armazenamento, de 0,1%, chegando a 84% da capacidade. A energia armazenada alcançou 43.340 MW mês e a ENA armazenável, a 73% da MLT. A hidrelétrica Sobradinho opera com 82,16%.