Energia recua e IPCA de janeiro fica em 0,25%

Impacto negativo de 0,26 ponto percentual foi o maior individual na composição do índice. Item recuou 5,6%

Com energia elétrica sendo individualmente o maior impacto negativo no índice do mês, com 0,26 ponto percentual, o IPCA de janeiro ficou em 0,25%, 1,1 ponto percentual abaixo do registrado em dezembro. O item apesentou queda de 5,6% no mês. Em 12 meses, o IPCA acumula alta de 4,56%, mais que os 4,52% registrados nos 12 meses anteriores. Em janeiro de 2020, a variação no IPCA ficou em 0,21%.

Após a bandeira vermelha patamar 2 de dezembro, em janeiro passou a valer a amarela, com acréscimo de R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos, menos que os R$ 6,243 por kWh da bandeira anterior.  As variações negativas do item nas áreas foram desde os 8,01% de Brasília até o 0,54% de Campo Grande, onde houve aumento da alíquota de PIS/COFINS. O grupo habitação, onde fica o item energia, foi o que teve a maior queda, de 1,07%.