Celpe é autorizada aplicar aumento médio de 9,99%

Tarifas da distribuidoras serão reajustadas na próxima sexta-feira, 29 de abril

As tarifas da Celpe terão aumento médio de 9,99%, com impacto médio de 6,77% para os consumidores conectados em alta tensão e de 11,66%, em média, para os clientes da baixa tensão. As novas tarifas serão aplicadas a partir de 29 de abril. 

Entre os itens que contribuíram para o resultado da Celpe estão os encargos setoriais. Eles aumentaram 11,37% e impactaram as tarifas em 1,65% em média, com destaque para o Encargo de Energia de Reserva. Outro item é o custo de compra de energia, que subiu 13,55% em relação ao ciclo tarifário anterior, com impacto de 7,16%. 
 
Contribuiu para isso o peso dos contratos de energia das cotas, que tiveram aumento no custo unitário de R$ 33,34 /MWh para R$ 60,44/MWh e a alteração no preço do contrato bilateral da distribuidora com a Termopernambuco, com a aplicação do IGPM, da variação cambial e do preço do combustível. A distribuidora atende cerca de 3,5 milhões de unidades consumidoras no estado de Pernambuco.