Tarifas da Energisa Sergipe terão aumento médio de 5,24%

Reajuste reflete impacto da compra de energia existente e da retirada de despesas financeiras do ciclo anterior

As tarifas da Energisa Sergipe terão aumento médio de 5,24%, com efeito médio de 4,7% na alta tensão e 5,55% para os consumidores atendidos em baixa tensão. Os novos valores serão aplicados a partir de 22 de abril. O reajuste anual da distribuidora reflete o aumento de 8,64% do custo de aquisição de energia, basicamente em razão das cotas e do bônus de outorga das 29 usinas leiloadas no ano passado. Houve, por outro lado, a retirada da tarifa de um valor elevado de despesas financeiras do ciclo tarifário anterior, o que também influenciou o resultado.

Apesar da queda nas despesas da Conta de Desenvolvimento Energético, o impacto para a empresa não foi tão expressivo, porque o peso do encargo é menor no Nordeste e no Norte que nas demais regiões. Houve ainda, segundo a Aneel, redução do custo de transmissão. A distribuidora da Energisa atende 735 mil unidades consumidoras no estado de Sergipe.