Ibama emite licença prévia para LT Marimbondo II – Campinas

Linha de transmissão possui aproximadamente 380 km de extensão

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis emitiu a licença prévia da linha de transmissão de 500 kV de capacidade, que integra as subestações Marimbondo II e Campinas, nos estados de Minas Gerais e São Paulo, respectivamente. Segundo o Ibama, o parecer conclusivo da equipe do Ibama favorável à emissão da LP foi confeccionado em um prazo de 80 dias, sendo concluído no dia 09 de fevereiro de 2015. A emissão da licença prévia somente foi possível após o empreendedor apresentar certidão do poder público municipal indicando que a atividade está em conformidade com a legislação aplicável ao uso e à ocupação do solo.

A LT se refere ao lote B do leilão de transmissão realizado pela Aneel em 14 de novembro de 2013, no qual a ATE XXII Transmissora de Energia se saiu vencedora. A linha de transmissão inicia-se na área da futura subestação Marimbondo II, localizada no município de Fronteira, em Minas Gerais, e termina na subestação de Campinas, no município de mesmo nome, em São Paulo, atravessando 33 municípios, com faixa de servidão de 60 metros, 758 torres e extensão aproximada de 380 km.