Tiago Correia deixa a diretoria da Aneel

Diretor se despediu dos colegas com uma mensagem em uma rede social

O própio diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Tiago de Barros Correia, confirmou nesta segunda-feira, 6 de agosto, que está de saída da agência reguladora. Havia uma expectativa de que seu nome poderia ser indicado para um segundo mandado, o que não acabou se confirmando. A cerimônia de despedida está marcada para terça-feira, 14, em Brasília.

Em seu perfil em uma rede social profissional, Barros se despediu: “Dia 12 de agosto completo 40 anos de idade e quatro desde minha nomeação para diretor da Aneel. Estes últimos quatro anos completam o meu mandato, uma experiência extraordinária onde entreguei o meu melhor ao serviço público brasileiro. Dedicarei os próximos seis meses a reflexões e estudos, observando o período de quarentena obrigatório pelo término do mandado e recomendável para quem chega aos 40. Depois preciso me reinventar. Muito sou grato a todos que compartilharam dessa caminhada. Conto com o apoio de vocês nos próximos passos.”

 Tiago Barros, da Aneel

Com a saída de Tiago, nomeado pela ex-presidente Dilma Rousseff, a diretoria da Aneel seguirá para um próximo ciclo totalmente renovada, com exceção do diretor André Pepitone, que foi promovido à diretor geral da agência. A confirmação do nome de Pepitone ainda dependente de aprovação pelo Senado Federal.

No dia 13 de junho, ocorreu a solenidade de recepção dos novos diretores Rodrigo Limp Nascimento e Sandoval de Araújo Feitosa Neto. A cerimônia contou com a participação do ministro de Minas e Energia, Moreira Franco.