Chesf energiza parque eólico no semiárido baiano

Parque A (27 MW) do Complexo Casa Nova I angariou R$ 39 milhões em investimentos e segunda fase do projeto tem estudos retomados e deve ser entregue em 2022

A Chesf energizou na última terça-feira (15) os 18 aerogeradores do parque A do Complexo Eólico Casa Nova I, totalizando 27 MW de capacidade instalada na Bahia, volume capaz de atender a cerca de 22 mil residências. O empreendimento angariou R$ 39 milhões em investimentos, valor inferior aos R$ 100 milhões orçados para a fase B do projeto, que teve os estudos retomados e deve ser entregue no primeiro trimestre de 2022, informa companhia.

A empresa também salientou que os parques eólicos, além de gerar energia elétrica e ajudar a manter os reservatórios cheios por mais tempo, têm também uma importante função social nas localidades onde estão inseridos, como no sertão nordestino, onde os proprietários das terras onde ficam instaladas as torres, geralmente pequenos agricultores, passam a receber uma renda mensal que ajuda a melhorar a economia familiar e das cidades.