Plataforma da Esfera movimentou R$ 123 mi em quatro meses

Ambiente já conta com 150 comercializadoras cadastradas, meta é alcançar 1 mil contrapartes e movimentar 1 GW médio

A plataforma Hud Cotação, da Esfera Energia, movimentou em quatro meses mais de 395 mil MWh e proporcionou 2.600 ofertas de compra e venda de energia que somaram R$ 123 milhões. De acordo com dados da empresa, o ambiente já conta com 150 comercializadoras cadastradas. Na fase de testes a solução já havia transacionado mais de 100 MW médios por mês, o que equivale a mais de R$10 milhões dependendo do PLD mensal.

Segundo balanço da empresa, a expectativa é de alcançar mil contrapartes para vender ou comprar energia, tendo uma negociação de pelo menos 1 GW médio por mês. A plataforma está disponível gratuitamente para todo o mercado. Para garantir a participação, as empresas precisam solicitar um convite no site da companhia, por meio do preenchimento de informações básicas como: volume de energia que deseja comprar ou vender, qual tipo de energia e para qual período. Para facilitar a auditoria, tudo fica registrado e, em seguida, as propostas das comercializadoras são enviadas por e-mail, através do Hud.

No final de abril, o CEO da Esfera Energia, Braz Justi, contou à Agência CanalEnergia que a empresa, nascida como uma gestora de grandes clientes, vem focando seus esforços no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas. A plataforma tem uma interface simples e direta, opera via internet e não há a necessidade de instalação de qualquer nova ferramenta ou dispositivo.

A opção pelo desenvolvimento dessa plataforma, contou à época Justi, deu-se pela perspectiva de crescimento do mercado livre e a redução das cargas que vem sendo notada. A meta da Esfera com a plataforma era a de proporcionar a negociação de 500 MW médios de energia até o final de 2021.