Dow e Casa dos Ventos fecham contrato para aquisição de energia eólica

Acordo prevê que a Dow também invista, no futuro, na autoprodução de energia

A Dow, indústria química, firmou um contrato para a aquisição de energia renovável com a Casa dos Ventos. O acordo tem duração de 15 anos e garante o volume de 60 MWm contínuos para a unidade da Dow, viabilizando que a sua produção fique mais sustentável. Além da compra de energia, a Dow terá a opção de fazer um investimento nos parques eólicos, possibilitando, no futuro, o regime de autoprodução de energia.

De acordo com a empresa, a assinatura torna a Dow uma das parceiras da Casa dos Ventos para viabilizar o Complexo Eólico Rio do Vento, que terá 1038 MW de capacidade após a conclusão de sua segunda fase. A solução escolhida, um contrato de longo prazo com opção de investimento na sociedade de propósito específico (SPE), viabiliza a construção de um novo projeto eólico e contribui para o alinhamento da companhia aos princípios ESG. Além disso, proporciona estabilidade no fornecimento, aumento de competitividade para a empresa, além da previsão de geração de 1.100 empregos diretos e 2.200 indiretos no pico das obras de construção do parque eólico Rio do Vento 2, e uma média de 1.500 empregos diretos e indiretos durante a fase de implantação.