Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A GreenYellow conectou quatro das seis usinas solares contratadas pela varejista gaúcha Quero-Quero, em 2021. Nos últimos meses as usinas foram ligadas respectivamente nas concessionárias no Sul do País. Com isso, o acordo que estabelece 7,80 MWp de capacidade instalada já tem 5,63 MWp entregues para serem utilizados no abastecimento de 60% das operações das lojas do cliente.

De acordo com a empresa, as fazendas solares conectadas estão localizadas nas cidades de Venâncio Alves (duas unidades) e de Santa Cruz do Sul, ambas no Rio Grande do Sul, e em Alto Paraná, no território paranaense. Até o momento, foram instalados mais de 9.620 painéis solares nos projetos finalizados. A produção total de 10 GWh anuais, que já estão disponíveis para a Quero-Quero, é equivalente ao consumo de mais de 5 mil residências e poderia evitar a emissão de 428 toneladas de CO2 no Meio Ambiente, no período de um ano.

Segundo a varejista Quero-Quero, o fato de basear as operações dos estabelecimentos no consumo de energia solar é uma forma da empresa integrar o importante movimento de transição energética que o Brasil vem promovendo na atualidade, e que tem feito com que o País suba rapidamente no ranking dos que mais crescem nesse segmento no mundo.