A Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen) formou um grupo de trabalho, com participação de diversas empresas de associadas, para estudar medidas de descarbonização para o setor. Os trabalhos têm a coordenação técnica da Carbono Zero, clean tech especializada em formatar ações de
sustentabilidade e descarbonização.

De acordo a Cogen, a iniciativa atende a uma demanda cada vez maior do setor diante da necessidade de desenvolver soluções, inclusive regulatórias e legislativas, para incentivar a redução do carbono. A indústria de cogeração já tem uma contribuição relevante para o meio ambiente com a geração de uma energia resiliente, sustentável e mais limpa. O objetivo é desenvolver uma série de propostas para aprimorar os benefícios econômicos da redução de emissões a partir da cogeração, inclusive com o fomento à produção de biogás e biometano.

De acordo com a Carbono Zero, os trabalhos terão o objetivo de debater como mensurar o potencial de redução de emissões nas organizações e quantificar o carbono evitado, além de avaliar a viabilidade técnica de desenvolver um modelo de geração de créditos de carbono nos projetos de geração de energia renovável a partir da cogeração.