Aneel aprova reajustes de distribuidoras da Energisa no interior de SP

Índices aprovados pela Aneel resultaram em redução média de tarifas para Vale Paranapanema, Bragantina e Nacional, e aumento para a Caiuá

A Agência Nacional de Energia Eletrica aprovou os reajustes tarifários anuais das distribuidoras do grupo Energisa no interior de São Paulo, com reduções médias de 0,09% para as tarifas da Vale Paranapanema, de 0,23% para a Empresa Elétrica Bragantina e de 3,62% para a Companhia Nacional de Energia Eletrica. A Caiuá Distribuição terá aumento médio de 1,85%. As novas tarifas serão aplicadas a partir do próximo dia 10 de maio.  

Para a Vale Paranapanema, o efeito médio nas tarifas de alta tensão será de 0,81%, enquanto a baixa tensão terá redução média de 049%. A distribuidora atende 171 mil unidades consumidoras em 27 municipios paulistas. Para os consumidores da Bragantina, o impacto médio será de 1,24% no segmento de alta tensão e de -1,23% na baixa tensão. A empresa fornece energia para 142 mil unidades consumidoras em 15 municipios do interior de São Paulo e Minas Gerais.

A Caiuá terá aumento médio de 3,15% na alta tensão e de 1,39% na baixa tensão. A empresa atende cerca de 235 mil unidades consumidoras em 24 municipios em São Paulo. A Nacional terá redução média de 2,92% na alta tensão e de 3,83% para os consumidores em baixa tensão. A concessionária abastece 110 mil unidades consumidoras em 15 municipios no estado.