MME determina interligação de 12 sistemas isolados ao SIN

Energisa Rondônia irá executar obras orçadas em R$ 605,6 milhões, com conclusões previstas entre o final do ano e 2022

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, determinou nessa terça-feira, 2 de junho, a execução das obras de distribuição na concessão da Energisa Rondônia visando a interligação dos Sistemas Isolados ao Sistema Interligado Nacional – SIN. Segundo a portaria nº 229, publicada no Diário Oficial da União, os investimentos são estimados em R$ 605,5 milhões.

Serão ao todo 12 sistemas a serem interligados à nova rede: Campo Novo, Costa Marques, Cujubim, Buritis, Machadinho D’Oeste, Paracaranã, São Francisco, Vale do Anari, União Bandeirantes, Nova Califórnia, Vila Extrema e Vista Alegre. As conclusões estão previstas para acontecer entre dezembro de 2020 a 2022.

Para execução das obras, o MME indica que a distribuidora terá a antecipação dos recursos decorrentes de sub-rogação da Conta de Consumo de Combustíveis – CCC, conforme regulação da Aneel.