Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

Após a aquisição da ES Gás, o Grupo Energisa vai investir R$ 160 milhões na expansão da distribuição de gás natural do Espírito Santo, que possui a terceira maior reserva do insumo no país. A afirmação é do CEO da empresa, Ricardo Botelho, ao anunciar que irá acelerar o plano de investimentos para o ciclo agosto de 2020 a julho de 2025, já aprovado pela Agência Reguladora Estadual de Serviços Públicos (ARSP).

O plano de aceleração, a ser executado a partir de janeiro de 2024, será detalhado nos próximos meses e submetido ao órgão regulador clientes. A ES Gás também pretende apoiar as iniciativas mais estruturantes em parceria com governo estadual que visem desenvolver no estado um polo gás-químico e criar um hub importante para escoamento, transporte, distribuição, armazenamento e consumo de gás de natural, gerando benefícios a todos os perfis de clientes.

Atualmente a empresa adquirida fornece cerca de 2,2 milhões m³ de gás natural por dia ao mercado (industrial, residencial, comercial, termelétrico e veicular), com estrutura e capacidade para maior entrega. Para Botelho, a aptidão de crescimento do gás natural no mercado capixaba é extraordinária, com mercado potencial endereçável estimado em 11 vezes no segmento residencial, 5 vezes no comercial, 1,3 vezes no industrial e 5 vezes no veicular.