Aneel aceita repactuação ao risco hidrológico de usinas da Aliança Geração

Aval foi para quatro hidrelétricas. PCH em SC também consegue anuência

A Agência Nacional de Energia Elétrica aceitou nesta quinta-feira, 18 de fevereiro, a proposta de repactuação de risco hidrológico da Aliança Geração de Energia, referentes as UHEs Porto Estrela (MG- 112 MW), Funil (MG – 180 MW), Aimorés (MG – 330 MW) e Amador Aguiar II (MG – 210 MW. A Aliança Geração é  uma joint venture da Cemig com a Vale, que agregou os ativos de geração hídrica do grupo. Com isso, as usinas estão enquadradas na lei 13.203/2015.

A agência reguladora também anuiu a proposta de repactuação ao risco da PCH Salto das Flores, de propriedade da Central Hidrelétrica Salto das Flores S.A. A usina fica localizada na cidade de Paraíso (SC) e tem potência de 6,7 MW.