Reforços na transmissão da Eletronorte no MT entram no Reidi

MME também enquadra PCH no MS no regime

O Ministério de Minas e Energia aprovou nesta quinta-feira, 23 de abril, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura de reforços na subestação Nova Mutum, no estado do Mato Grosso. A subestação é de propriedade da Eletronorte.

Os reforços consistem na transferência do Transformador e Conexões da Subestação Vila do Conde para a Subestação Nova Mutum, já que os transformadores da Subestação Vila do Conde serão substituídos por duas unidades de 200 MVA. As obras vão custar R$ 6,7 milhões sem impostos e devem ser executadas de 3 de outubro de 2013 até 3 de fevereiro de 2017.

O MME também enquadrou ao Reidi a PCH Verde 4, que fica nas cidades de Ribas do Rio Pardo e Água Clara, no Mato Grosso do Sul. A usina terá investimentos de R$ 146, 2 milhões sem a incidência de impostos e deve ser implantada de junho de 2015 até 1º de abril de 2018.