Térmica da Gastrading pode ser inviabilizada com aprovação de lei em Peruíbe

Vereadores votaram na última quarta-feira, 31 de janeiro, a emenda à lei orgânica do município, que impede a instalação de indústrias altamente poluentes na região

Os vereadores de Peruíbe (SP) aprovaram na última quarta-feira, 31 de janeiro, a emenda à lei orgânica do município, que impede a instalação de indústrias altamente poluentes na região. Com isso, ficaria impedida a construção do projeto Verde Atlântico, da Gastrading, que previa a instalação de uma termelétrica a gás no município de 1,7 GW e um terminal de regaseificação offshore. Em dezembro de 2017, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) já havia negado o pedido de licenciamento do projeto.