Energisa aplica R$ 41 milhões e inaugura nova linha de distribuição no MT

Ativo em 138kV é interligado a um novo ponto de suprimento, a Subestação Paranaíta, que irá beneficiar municípios do norte mato-grossense com mais segurança quanto ao atendimento energético

A cidade de Paranaíta, a 849 km de Cuiabá, e que completa 40 anos neste ano, recebeu um importante presente no último domingo (01), que irá trazer maior segurança ao seu sistema elétrico. Trata-se de uma Linha de Distribuição de Alta Tensão em 138 kV que interliga a região à rede básica do município, através da Subestação Paranaíta, num investimento avaliado em R$ 41 milhões.

Ao reforçar a disponibilidade energética da região, o projeto possibilitará condições mais favoráveis para o desenvolvimento local e o crescimento econômico da pecuária, atividade típica da região norte do Estado. Isso porque a nova linha interligará o sistema do norte do Estado, possibilitando a operação do sistema por mais de um ponto de rede básica, tornando o fornecimento mais robusto, dando suporte ao atendimento as novas cargas que queiram se instalar na região.

A necessidade do investimento foi mapeada pela equipe de planejamento da distribuidora, que estudou as melhores possibilidades para atender a expectativa da população e demanda energética futura. A nova LT, que possui 92 Km, será o segundo ponto de suprimento de Rede Básica, interligando Sinop a Paranaíta. Os municípios de Colíder, Alta Floresta, Juruena, Peixoto de Azevedo e cidades do entorno também serão beneficiados, trazendo a toda essa população um maior conforto relacionado ao fornecimento de energia elétrica da região.

Segundo o gerente da área de Planejamento e Orçamento da Energisa Mato Grosso, José Nelson Quadrado Junior, a prioridade da empresa é oferecer um serviço cada vez melhor aos clientes, garantindo uma oferta de energia permanente e segura e levando bem-estar à população. “A energia elétrica é fundamental para o desenvolvimento econômico e social do Estado e por isso mesmo temos trabalhado muito para contribuir com este avanço. Nosso compromisso com o desenvolvimento do Mato Grosso e com a satisfação de nossos clientes que norteiam nossas ações”, ressalta.

A iniciativa faz parte do pacote de melhorias que a companhia vem realizando no Estado. Diversas obras que irão aprimorar e ampliar o fornecimento de energia no Mato Grosso, como a construção da Linha de Distribuição de Alta Tensão (138kV) Vila Rica até Santana do Araguaia, no Pará, com 145km de extensão e que tem previsão de entrega em 2020. Ao todo serão investidos R$ 604,8 milhões este ano na área de concessão da distribuidora.