Bandeira verde contribui para IPCA-15 de 0,22% em fevereiro

Queda de 0,12% na fatura de energia influenciou no resultado de 0,07% do Grupo Habitação

A queda de 0,12% no preço das contas de luz no país devido a mudança de bandeira tarifária impactou na variação positiva de 0,07% em fevereiro do grupo Habitação, mostrando crescimento em relação a janeiro, quando apresentou 0,14% negativos dentro do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), que por sua vez teve o menor resultado para fevereiro desde o início do Plano Real, em 1994: 0,22%, o que mostra uma desaceleração na inflação que, no ano, acumula alta de 0,93%. Os resultados foram divulgados nessa quinta-feira, 20 de fevereiro, pelo IBGE.

A fatura de energia diminuiu com a mudança de bandeira tarifária, passando da amarela, que adiciona R$ 1,343 a cada 100 quilowatts-hora consumidos, para a verde, em que não há cobrança adicional na conta de luz. As regiões apresentaram variações, que foram desde a queda de 1,32% no Rio de Janeiro até a alta de 2,09% em Goiânia.