Cade aprova transferência de ações de geradora do BTG Pactual

Operação consiste na compra de 25% da Gera Maranhão pelo FIP Vulcan, integrando estratégia do banco de reestruturar seus ativos no Brasil

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou sem restrições a compra, pelo Vulcan Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, de 25% das ações de capital social da empresa Gera Maranhão, até então detidas pelo Fundo de Investimentos em Participações Brasil Energia. A operação faz parte da estratégia do Grupo BTG Pactual de reestruturar seus ativos relacionados à geração e comercialização de energia elétrica no Brasil.

No caso, o FIP Vulcan foi criado pelo Banco justamente para operacionalizar essas transações, não possuindo investimentos em quaisquer outros setores, a não ser pela participação na companhia Rio Doce Energia e em UTEs e PCHs, transferidas recentemente como parte da estratégia do Grupo. Já o FIP Brasil Energia é um fundo gerido pela BTG Pactual Gestora de Investimentos Alternativos e concebido sob a forma de condomínio fechado nos setores de geração e transmissão de energia no país. Por sua vez, a Gera Maranhão tem ainda entre seus sócios o Grupo Equatorial Energia e o fundo Servtec.