Fitch atribui rating ‘AA(bra) para emissão de R$ 77 milhões da CGT Eletrosul

Emissão vence em 2028 e originalmente foi feita pela TSBE

A agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA(bra)’ para a segunda emissão de debêntures de R$ 77 milhões da CGT Eletrosul, sucessora, por incorporação, da Transmissora Sul Brasileira de Energia. De acordo com a Fitch, a emissão de debêntures, com garantia real e realizada em série única, possui vencimento final em 2028. As debêntures contam com garantia dos recebíveis da Receita Anual Permitida vinculados à concessão da linha de transmissão.

A Fitch avalia a CGT Eletrosul com o mesmo rating nacional da Eletrobras, por entender que as duas empresas possuem perfil de crédito semelhante, em base individual. No entender da agência, ainda que o perfil individual da CGT Eletrosul fosse diferente do perfil da controladora, a equalização seria justificada devido aos fortes vínculos legais, operacionais e estratégicos entre ambas, de acordo com sua Metodologia de Vínculo entre Ratings de controladoras e subsidiárias.