Aeris tem lucro líquido de R$ 113,1 milhões em 2020

Resultado é 27,6% acima do registado no ano anterior

A fabricante de pás eólicas Aeris terminou o ano de 2020 com lucro líquido de R$ 113,1 milhões, um aumento de 27,6% em comparação com o resultado do ano anterior, de R$ 88,7 milhões. A receita líquida terminou o ano em R$ 2,2 bilhões, subindo 164,8%. Já o Ebitda teve um crescimento de 45%, ficando em R$ 243,2 milhões e com margem de 11%.

No quarto trimestre, o lucro da Aeris chegou a R$ R$ 15,6 milhões, 61,2% abaixo do registrado no mesmo trimestre do ano anterior. A receita líquida no trimestre de R$ 749,9 milhões mostra que houve crescimento de 166% em relação a de 2019. O Ebitda da fabricante de equipamentos ficou em R$ 45,4 milhões, sinalizando um recuo de 33,8% na comparação com o quarto trimestre de 2019.

De acordo com a empresa, no último ano a exportação representou 35% da receita líquida, e houve a inclusão de novos mercados na América Latina e Austrália. Os investimentos da Aeris somaram cerca de R$ 300 milhões no ano passado. Os recursos foram destinados para a expansão da produção, incluindo a compra da Planta Pecém II, que já opera a plena capacidade, além de preparar a empresa para atender aos pedidos já contratados até 2022. Em 2020, o retorno sobre o capital investido foi mantido acima de 20%. Já a alavancagem líquida caiu para 1,8 vezes ao final de dezembro do ano passado.