Enel Brasil investiu cerca de R$ 70 milhões em eficiência energética

Projetos investidos pelas quatro distribuidoras do grupo trouxeram uma economia de 61.882 MWh/ano

A Enel Brasil investiu cerca de R$ 70 milhões em 68 projetos e obras de eficiência energética nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e Goiás em 2020.

Segundo a companhia, foi realizada a instalação de 2.874 placas solares, substituiu cerca de 260 mil lâmpadas antigas por modelos LED e promoveu a troca de quase 10 mil geladeiras em 77 municípios dos quatro estados em que a Enel Brasil atua no segmento de distribuição de energia. As ações beneficiaram clientes residenciais, comerciais, serviços, instituições de ensino e poder público.

A empresa possui ainda o programa Ecoenel, que troca resíduos recicláveis por desconto na fatura de energia. Só no ano passado, mais de 6 mil toneladas de materiais que seriam descartados no lixo tiveram uma destinação correta de reciclagem. Com isso, mais de 50 mil clientes das concessionárias do grupo participantes da iniciativa receberam um desconto de quase R$ 1,5 milhão em bônus em suas contas de luz.

Os projetos, financiados com recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Aneel, proporcionam uma economia no consumo de energia estimada em 61.882 MWh/ano, o que seria suficiente para abastecer mais de 25 mil residências com um consumo mensal de 200 kWh por mês.

Além dos benefícios econômicos, os projetos de eficiência energética têm um impacto positivo no meio ambiente. Ao promover o consumo sustentável e eficiente de energia, os projetos contribuem para evitar a emissão de gás carbônico (CO2), um dos principais responsáveis pelo aquecimento global. Apenas o programa Ecoenel contribuiu para evitar a emissão de 18 toneladas de CO2 na atmosfera em 2020. Para efeito de comparação, esse volume equivale ao plantio de 46.587 árvores por ano.