Leilão A-4: disputa é iniciada na CCEE

Certame ocorre uma hora após o encerramento do A-3 que negociou 99 MW médios

O leilão de energia nova A-4 acaba de começar. O início da disputa se dá uma hora após o encerramento do A-3 que resultou na contratação de 99 MW médios, cujo resultado consolidado você pode ver ao clicar aqui. Os contratos e as fontes são as mesmas, inclusive os preços iniciais. O fornecimento inicia em janeiro de 2025.

O custo marginal de referência é de R$ 292/MWh nos dois leilões sendo esse valor para a fonte hidrelétrica e termelétrica a biomassa. Já a eólica e solar tem um valor inicial mais baixo, R$ 198 por MWh. Já para empreendimentos com outorga e com contrato o valor cai para R$ 245,14 em PCHs e CGHs, enquanto para as UHEs partem em R$ 170,37/MWh.

A sistemática de disputa é a mesma do A-3 sendo em primeiro lugar a disputa pela conexão e depois a venda de energia.