Projeto Novo Estado, da Engie, inicia operação comercial

A finalização da implantação do projeto está prevista para acontecer até o final do segundo trimestre de 2022

A Engie informou que o Projeto Novo Estado (PNE), localizado nos estados do Pará e Tocantins, obteve autorização do Operador Nacional do Sistema para o início da operação comercial da Subestação Serra Pelada e seus reatores.

De acordo com a empresa, a subestação Serra Pelada funcionará como um hub da subestação de Xingu, à qual se conectam grandes hidrelétricas, trazendo otimização e maior segurança ao Sistema Interligado Nacional (SIN). A finalização da implantação da totalidade dos ativos de Novo Estado, que conta com 3.634 torres em circuito duplo, 1.800 km de linhas de transmissão, uma nova subestação, além da expansão de outras três subestações existentes, está prevista para acontecer até o final do segundo trimestre de 2022, com cronograma antecipado em relação ao calendário da Aneel.