Nordeste bate recorde de energia solar

Montante representou 8,7% da necessidade de abastecimento durante o primeiro dia do mês na região

A energia solar registrou o primeiro recorde de 2022 na última terça-feira, 1º de fevereiro, quando o Nordeste alcançou geração de 1.028 MW médios, representando 8,7% da demanda do subsistema no dia, informa o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O último recorde de geração média da fonte havia sido em 7 de outubro de 2021, com 1.001 MW médios.

Atualmente a energia do sol convertida nos painéis fotovoltaicos ocupa a quarta posição na matriz elétrica, com participação de 2,6% no Sistema Interligado Nacional (SIN). Até dezembro de 2026 a meta da fonte é alcançar uma fatia de 4,9%, crescendo 88%. Já a energia dos ventos, mais consolidada, representa 11,8% da matriz e deverá alcançar 13,7% para o mesmo período.