Olá, esse é um conteúdo exclusivo destinado aos nossos assinantes
Para continuar tendo acesso a todos os nossos conteúdos, escolha um dos nossos planos e assine!
Redação
de R$ 47,60
R$
21
,90
Mensais
Notícias abertas CanalEnergia
Newsletter Volts
Notícias fechadas CanalEnergia
Podcast CanalEnergia
Reportagens especiais
Artigos de especialistas
+ Acesso a 5 conteúdos exclusivos do plano PROFISSIONAL por mês
Profissional
R$
82
,70
Mensais
Acesso ILIMITADO a todo conteúdo do CANALENERGIA
Jornalismo, serviço e monitoramento de informações para profissionais exigentes!

A agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu rating nacional de longo prazo AAA(bra) à proposta de segunda emissão de debêntures da Compass. Os IDRs (Issuer Default Ratings – Ratings de Inadimplência do Emissor) de longo prazo em moedas estrangeira e local e o rating nacional de longo prazo ficaram com perspectiva estável.

Segundo a Fitch, os ratings refletem o vínculo da Compass com sua controladora, a Cosan. A proposta de segunda emissão de debêntures totaliza R$ 1,5 bilhão, está vinculada a metas ESG e tem vencimento final em sete anos. Os recursos serão destinados para aquisições, investimentos e reforço de liquidez da companhia.

A agência de risco acredita que, pelo controle de 67,6% do capital acionário da Compass e pela estrutura societária da companhia, a Cosan controla as decisões da subsidiária, tendo capacidade ilimitada de influenciar suas políticas financeiras, incluindo a priorização de dividendos.

Por fim, a Fitch avalia o perfil de crédito individual do IDR em moeda local da Compass em bb+, com base em seu robusto perfil de negócios no setor de gás natural, sustentado, principalmente, pelo controle da Comgás. A Compass se beneficia de um forte fluxo de dividendos da Comgás, com baixo índice dívida líquida/dividendos.